Notícias

Deputado consegue R$ 50 mil para hospital de Itirapina.

Quarta-feira, 05 de fevereiro de 2014.

Na última sexta-feira (31), a convite da vereadora Christina Gomes (PMDB), a Loira, o deputado federal Ricardo Izar (PSD) visitou a cidade de Itirapina e participou de uma conversa na Câmara Municipal. O prefeito José Maria Candido, o Zé Maria (PMDB), o vice Ruizinho Gomes (PMDB) e a vereadora de Rio Claro, Maria do Carmo Guilherme (PMDB), também estavam presentes no encontro. Durante a conversa o deputado prestou contas sobre alguns recursos que a vereadora havia pedido no ano passado em Brasília. Em relação ao pedido de ajuda na área da Saúde, ele informou que já está liberado o recurso de R$ 50 mil para o hospital da cidade, que deve chegar em breve. “Fiquei muito feliz com essa notícia, isso mostra que é buscando que as coisas acontecem”, diz Loira. O deputado também contou que o recurso para a construção das duas academias ao ar livre, também pedido pela vereadora, será viabilizado o mais rápido possível. “A população necessita de um espaço público para realizar exercícios físicos, hoje não há nenhuma academia ao ar livre na cidade”, explica Loira. Na ocasião, o prefeito Zé Maria formalizou um pedido de liberação de verbas para construção de casas populares que foi assinado por ele e também pela vereadora. De acordo com o deputado, em breve ele marcará uma reunião com o secretário da Habitação de São Paulo, Silvio Torres para conseguir essa liberação. Loira, que foi eleita vereadora pela primeira vez e está há um ano na trabalhando na Câmara, conta que o encontro foi muito produtivo e que o deputado ressaltou que ele irá, sim, diante das medidas possíveis, ajudar mais a cidade. “Encontros como esse é o elo que precisamos para que nós vereadores possamos ajudar na melhoria do nosso município”, afirma ela. A vereadora conta ainda que o deputado assumiu outro compromisso com ela e com o prefeito. Ricardo irá liberar esse ano mais R$ 110 mil para a Saúde, vai ajudar a cidade receber dois médicos do programa “Mais Médicos” e conseguir habitações através do programa “Minha Casa Minha Vida”, sendo que estes dois últimos dependem da inscrição do município junto ao governo federal.