Notícias

Vereadores Participam da Cerimônia do Lançamento da Pedra Fundamental.

Quarta-feira, 27 de novembro de 2013.

Foto(Caruso): Vereadores com Caruso: só neste ano o deputado conseguiu para Itirapina a quantia total de R$ 650 mil reais .A Honda do Brasil vai produzir o automóvel compacto Novo Fit a partir de 2015, no município de Itirapina. O anúncio oficial foi realizado ontem, às margens da rodovia Washington Luis, local onde vai funcionar a nova fábrica da montadora, pelo presidente mundial da empresa, Takonobu Ito. O CEO (Diretor Executivo) da Honda esteve acompanhado de toda a cúpula nacional da multinacional, além do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e do prefeito de Itirapina, José Maria Cândido (PMDB). As primeiras unidades do novo Fit, no entanto, chegam ao mercado no primeiro semestre de 2014, levando a crer que o modelo começará a ser produzido na unidade de Sumaré, onde atualmente é feito o modelo atual. A Honda detém cerca de 4% do mercado nacional de automóveis. No fim de 2015, quando terá uma capacidade produtiva de 240 mil veículos por ano, a fabricante pretende chegar a 5% de participação. A relevância da nova planta da Honda pode ser avaliada pela presença, na pequena Itirapina, de Takanobu Ito, presidente mundial da empresa. O executivo fez uma saudação em português durante a cerimônia de pedra fundamental realizada ontem. A questão tributária faz parte das conversas entre representantes da marca. Executivos esperam que a redução das alíquotas do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) seja mantida em 2014. A Honda também confirmou que irá produzir, no Brasil, o Vezel, utilitário baseado no conceito Urban, mas não confirmou se ele será fabricado na planta de Itirapina ou de Sumaré. “São Paulo foi escolhido pela Honda porque o governador Alckmin vem realizando um grande trabalho há anos, com qualificação de mão de obra. O governador está de parabéns por manter São Paulo como a grande locomotiva do Brasil. E a Honda nos trouxe uma alegria muito grande. Será uma fábrica muito moderna. Temos em Itirapina o gasoduto do lado, a ferrovia do outro lado e um meio ambiente maravilhoso. Tanto é que o empresário Pedro Paulo Diniz escolheu nossa cidade para viver”, afirmou o prefeito José Maria Cândido. Carlos Eigi, diretor executivo da Honda Automóveis, ressalta que após o investimento da Honda, Itirapina vai receber automaticamente novos negócios. “Queremos estabelecer uma relação de parceria com a Prefeitura de Itirapina, com a população e com a comunidade em geral. Muitos empreendedores também vão querer investir em Itirapina”. Eigi explica que a meta da empresa é chegar a 80% de nacionalização dos veículos montados no Brasil. Para isso, devem adicionar novos fornecedores e trabalhar diretamente nas produções, de forma a reduzir ao máximo o volume de peças importadas, mesmo nos terceirizados. "As questões do câmbio afetaram demais nosso negócio neste ano", diz.

ABC CAIPIRA

Aos poucos o “ABC Caipira”, com sotaque do interior paulista, vai ganhando corpo. Depois da Hyundai em Piracicaba e da Mercedes, que anunciou investimentos em Iracemápolis, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, diz que a região se transformará em um polo da indústria automotiva. "Teremos uma Etec (Escola Técnica Estadual) aqui em Itirapina já no ano que vem e uma Fatec (Faculdade de Tecnologia) em São Carlos", disse durante o evento de lançamento da pedra fundamental da fábrica. “A cadeia produtiva da indústria automotiva é muito longa, o que trará muitas empresas e fornecedores. Vai desenvolver muito Itirapina e a região", afirmou ele. Alckmin não confirma se está fazendo coro ao setor automotivo para pressionar o governo federal pela manutenção da isenção do IPI. "Nossa parte já foi feita com o desconto no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Agora depende deles." Aclkmin aposta em grande ciclo de desenvolvimento a partir da montadora japonesa na Região Central Paulista. "A cadeia produtiva da indústria automotiva é muito longa, o que trará muitas empresas e fornecedores. Vai desenvolver muito Itirapina e a região", disse o governador Geraldo Alckmin. O governador brincou com o prefeito de São Carlos, Paulo Altomani (PSDB), que prestigiou o evento. “São Carlos que se cuide”, disse ele, rindo.

LIDERANÇA PAULISTA

São Paulo é o Estado brasileiro com o maior número de montadoras de automóveis. Segundo a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Caterpillar, CNH "New Holland", Ford (2), Chevrolet (2), Honda, Hyundai, Komatsu, Mercedes-Benz, Scania, Doosan, Toyota (3), Valtra e Volkswagen (3) ficam em solo paulista.

CÁPSULA DO TEMPO

Durante a cerimônia de lançamento da pedra fundamental da Honda foi selada uma cápsula do tempo com itens do momento, como um pergaminho deixado pelo presidente mundial da empresa, Takonobu Ito, um revista Época da semana, pelo governador Geraldo Alckmin, e a edição de ontem do Primeira Página que registra como manchete o evento da Honda em Itirapina.

OTIMISMO

No primeiro semestre de 2013 a empresa registrou o seu melhor resultado de vendas desde que iniciou as atividades como fabricante no país. Ao todo, foram vendidos no período 65.127 carros, superando a marca histórica anterior, de 61.577 veículos em 2009. O resultado representa um crescimento de 13,2% em relação ao primeiro semestre do ano passado. Um dos destaques foi o Honda Civic, veículo que se consolidou como líder absoluto do segmento de sedãs médios. Em janeiro, a empresa lançou a versão 2014 do modelo, com nova motorização 2.0 e tecnologia sem o subtanque de partida a frio, o que impulsionou ainda mais as vendas no país. Foram comercializadas 26.192 unidades de janeiro a julho, caracterizando um crescimento de 20,5% no comparativo com os seis primeiros meses de 2012. Ainda entre os lançamentos apresentados em 2013, em abril a empresa iniciou a comercialização da CR-V bicombustível, também com o diferencial da tecnologia sem o subtanque de partida a frio. A nova tecnologia faz parte do conceito Honda Flex One, que representa o empenho da Honda em inovação para mobilidade sustentável, aliando alta performance com baixo consumo de combustível e emissão de poluentes para todas as gerações de produtos. No mês de julho foi a vez de o novo Accord, nas versões EX L4 2.4l e EX V6 3.5l, e a linha 2014 do Honda City, com a nova versão Sport, chegarem às concessionárias da marca.